Dicas para viajar com seu pet

Quando decidimos viajar com nossa família e os pets, muita gente acha que é só colocar todo mundo no carro e pronto. Partiu férias! Mas existem alguns cuidados devemos tomar para evitar transtornos tanto pro seu animalzinho quanto para você. Por isso vamos te contar várias dicas para viajar com seu pet tranquilamente.

Antes de viajar

Faça uma consulta com seu veterinário de confiança, veja se está tudo certo com seu pet, assim você evita surpresas depois que já colocou o pé na estrada. A vacinação e vermifugação também devem estar todas em dia, em alguns lugares podem haver maiores riscos de adquirir alguma doença, por isso é melhor prevenir. E também use produtos para manter seu cachorro ou gato livre de insetos e pragas como pulgas, carrapatos e mosquitos. Eles podem trazer grandes problemas. Se você é adepto a produtos naturais uma opção é colocar na alimentação pó de Neem, um Suplemento Nutricional de Neem, saiba mais sobre ele NESSE LINK, que vai deixar seu pet longe dessas pragas e é mais saudável.

Veja se o lugar que você vai se hospedar e cidade são Pet Friendly, e quais as regras que você deve manter com ele. Isso vai evitar muitos transtornos.

Viajar com seu pet de carro

  • Comece com uma viagem perto, para sentir como seu cachorro ou gato se comporta durante o percurso. Depois vá aumentando essas distâncias.
  • Se seu cachorro ou gato enjoa dentro do carro, não dê nenhum alimento 4 horas antes e água uma hora antes, também evite dar comida durante a viagem.
  • Se o caminho for longo, faça paradas de uma em uma hora.
  • Leve uma mala com brinquedos e acessórios favoritos, isso ajuda a manter a calma.
  • Não leve seu pet solto no carro, existem caixas de transporte, cinto e até mesmo cadeirinhas.

Viajar de ônibus

  • Para esse tipo de viagem, cães e gatos precisam ter o GTA (Guia de Trânsito Animal).
  • Também você deve apresentar um atestado que garante que seu pet está saudável, esse documento deve ser emitido 15 dias antes da sua viagem.
  • Você deve comprar uma passagem extra, para que seu animalzinho vá acomodado ao seu lado. 
  • Vale lembrar que podem viajar apenas 2 animais por vez e com no máximo 10 kg e dentro de caixas de transporte.

Viajar de avião

  • Antes da viagem é preciso fazer a reserva das passagens, pois existe um número certo de transporte de animais por aeronave, e também algumas raças não são permitidas.
  • Para viagens nacionais, você deve estar com a carteirinha de vacinação e atestado de saúde em mãos.
  • Já para viagens internacionais além da carteira e atestado, você também vai precisar passar por uma consulta com um veterinário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e colocar microchip.
  • Para embarcar os pets precisam estar em caixas de transportes especiais.

Como escolher a caixa de transporte

Caixa de transporte ou Kennel deve ser escolhido de acordo com a raça e tamanho do seu pet, e também vai depender de onde você vai levar ele.

Se for no seu carro, pode escolher o modelo que lhe agrada mais, claro que seguindo algumas regras, já se ele for viajar de avião as regras são outras.

Muitos tutores negligenciam a caixa, pois acham ela desnecessária, mas ela vai muito além de apenas transportar seu pet. E os pets se sentem mais seguros em ambientes fechados e acabam vendo a caixa como seu lugar.

Escolha uma caixa que seu pet possa dar uma volta em torno de si, pensando tanto na altura quanto na largura.

Também temos que pensar na estabilidade da caixa, que deve ser de um material resistente, dividida em duas parte. Isso ajuda se você tiver um animal adulto que nunca entrou em contato com uma caixa, você pode colocá-lo por cima. 

Já se você for fazer uma viagem de avião, deve entrar em contato com a companhia aérea para saber quais as especificações são necessárias.

Existe hotel que aceitam cães e gatos?

Como eu disse lá em cima, antes de começar a viagem temos que verificar isso. Mas sim existem muitos hotéis que aceitam nossos pets.

Claro que não são em todas as cidades e também os estabelecimentos não são obrigados a aceitarem seu pet, a não ser um cão guia.

Por isso faça buscas para hotéis e pousadas que aceitam seu animalzinho e é importante ligar para confirmar e entender a regras. Alguns hotéis não permitem que o pet fique sozinho no quarto por exemplo, então você vai ter que ir em lugares na cidade que aceitem seu cachorro. Mas todo esse sacrifício vale para passar vários dias curtindo com seu pet.

Você também vai gostar de ler: O que é Alimentação Natural ou AN?

E então te ajudamos a ter uma viagem mais tranquila com seu pet? Você já viajou com ele? Já tentou suplementação para acabar com pulgas e carrapatos? Conta pra gente aqui nos comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *